segunda-feira, 13 de abril de 2009

Clássico Paulista


Corinthians e São Paulo fizeram um clássico eletrizante e cheio de surpresas ontem à tarde no Pacaembu. Como era de se esperar o tricolor se defendia e administrava a vantagem de dois resultados iguais. Para o Corinthians só restava atacar.

E foi atacando que logo no início da partida o timão quase perde o fenômeno expulso, por entrar de forma violenta em André Dias, que também entrou solando no lance. O árbitro viu somente a entrada de Ronaldo, e se viu devia ter expulsado, só não o fez porque era o Ronaldo.

Com onze (ainda) para cada lado, o time do Morumbi abriu o placar aos 24’ com gol irregular de Miranda, que estava impedido e ainda empurrou o zagueiro Chicão. Além dessas duas irregularidades, no mesmo lance o zagueiro Willian puxou Washington dentro da área.

Porém, quatro minutos depois veio o merecido empate. Após jogada de Jorge Henrique pela direita, o volante Elias dribla dois jogadores e toca a bola com a ponta da chuteira direto para o canto esquerdo de Rogério Ceni, imóvel.

A partir daí o jogo ficou equilibrado e a primeira etapa terminou com um para cada lado.

O segundo tempo começou e o timão foi pra cima do adversário. Aos 15’ após bobeada da defesa tricolor Elias driblou André Dias e foi derrubado, na seqüência do lance Rogério defendeu chute de Ronaldo. Mas o árbitro entendeu como falta para cartão do zagueiro são paulino (como de fato era, já que era o último homem antes do goleiro) e expulsou André Dias, que já tinha recebido o amarelo por falta dura em Ronaldo.

O timão então dominou o jogo, pressionou, mas nem tanto quanto deveria por jogar em casa e depender de um bom resultado.

Mano Meneses demorou a mexer no time, enquanto Muricy mudava sua equipe. Quando o empate era dado como inevitável, Jorge Wagner perdeu a bola no meio do campo para Cristian que levou até pouco antes da área tricolor e chutou forte, indefensável. Fez-se justiça no placar e o torcedor corintiano soltou o grito nas arquibancadas do estádio.

Com a vitória o time do parque São Jorge pode empatar o jogo de volta domingo no Morumbi para ir à final do paulista. O São Paulo precisa de uma vitória simples para reverter a vantagem e disputar o título.

* Em tempo, Rogério Ceni se machucou no treino desta segunda e é dúvida para o jogo de domingo.

Imagem do site globo.com

Um comentário:

  1. Vitória que lembrou dos tempos antigos de Corinthians, se não for um jogo nervoso,dramático não é Corinthians. Aliás ótimas postagens caras essas últimas. La Poderosa está no ar novamente.
    Valeu Até mais
    Abraço

    ResponderExcluir