quarta-feira, 15 de abril de 2009

Terça-feira de Libertadores da América.

Dois jogos pelo grupo 6 e um pelo grupo 5 abriram a rodada. O Caracas da Venezuela recebeu o Everton do Chile e venceu por 1 a 0, gol de pênalti (inexistente) de Figueroa aos 62’. O Everton ainda teve tempo de ter um jogador expulso, Ramírez aos 68’. Com o placar o time venezuelano passou o Everton e assumiu a liderança.

No outro confronto do grupo o mexicano Chivas recebeu o argentino Lanús. Os hermanos do Lanús vão bem no Clausura 2009, estão em terceiro, mas na competição continental precisavam vencer para manter chances de classificação. A partida teve boas oportunidades para as duas equipes, que foram para o intervalo sem marcar. No início do segundo tempo os argentinos ficaram com um homem a menos em campo, pois Velásquez foi expulso aos 54’. No fim da partida Reynoso marcou para o Chivas, mas estava impedido. Final, Chivas 0x0 Lanús, eliminado.

Classificação do grupo 6
1 Caracas 9pts
2 Chivas 8pts
3Everton (CHI) 7pts
4 Lanús 3pts

Pelo grupo 5, do líder Cruzeiro, o Deportivo Quito do Equador conquistou uma importante vitória diante do eliminado Univ. de Sucre, por 3 a 1 no estádio Athaualpa.


Os equatorianos disputam agora a vaga com o clube brasileiro no Mineirão. Saritama (foto) abriu a contagem logo aos 12’ para o Deportivo, aos 27’ Raimondi igualou para os bolivianos, entretanto, aos 43’ Preciado colocou outra vez os equatorianos em vantagem. No começo do segundo tempo o goleiro Johvanny foi expulso por reclamação e quase complica um jogo fácil. Para afastar qualquer perigo Saritama fez aos 61’ seu segundo gol e definiu o placar.

Classificação do grupo 5
1 Cruzeiro 10 pts
2 Estudiantes de La Plata 9pts
3 Deportivo Quito 8pts
4 Univ. de Sucre 1pt

Hoje tem mais Libertadores, além da Copa do Brasil e da Liga dos Campeões.


Imagem do site Globo.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário