segunda-feira, 1 de fevereiro de 2010

Egito é tricampeão africano na Angola


A Copa Africana de Nações chegou ao final ontem com mais uma conquista do time egípcio, desta vez sobre Gana por 1 a 0 com gol aos 85'. Quando falo time me refiro não somente ao grupo de jogadores, a equipe, a seleção. É importante destacar que esse conjunto não possui nenhum grande craque, mas conquistou o inédito tricampeonato da CAN e segue sem perder no torneio há 19 jogos. Nem Drogba, Essien, Eto'o ou John Mikel. Quem brilhou nesta edição da CAN foi o conjunto.

Entretanto, esta que é a melhor seleção africana dos últimos anos estará mais uma vez fora da Copa do Mundo - disputou só duas vezes, em 1934 e 1190. Fora da primeira Copa na África. Algo para o presidente do comitê organizador do mundial lamentar. "Queremos parabenizar os Faraós pelo terceiro título seguido na Copa Africana...Certamente iremos sentir falta desse talentoso time na Copa do Mundo", diz. Por isso este sétimo título continental talvez tenha um sabor especial.

Abaixo a seleção da CAN2010.

Seleção titular:
al Hadary (Egito)
Mabina (Angola)
Bougherra (Argélia)
Wael Gomaa (Egito)
Fathi (Egito)
Hassan (Egito)
Song (Camarões)
Odemwingie (Nigéria)
Asamoah Gyan (Gana)
Flávio (Angola)
Zidan (Egito)

Seleção reserva:
Kingson (Gana), Mbola (Zâmbia), Emana (Camarões), Asamoah (Gana), Seydou Keita (Mali), Ziani (Argélia), Gedo (Egito), Ayew (Gana), Mouloungui (Gabão), Obasi (Nigéria), Mulenga (Zâmbia) e Kalou (Costa do Marfim)

Melhor Jogador: Hassan (Egito)
Melhor goleiro: al-Hadary (Egito)
Artilheiro: Gedo (Egito)
Revelação: Gedo (Egito)
Fair Play: Asamoah (Gana)

Abaixo um pouco mais sobre o país sede.

História

Ex-colônia portuguesa, Angola passou por um período de guerras que deixou mais de 1 milhão de mortos. Primeiro a guerra pela independência em 1961 e depois a guerra civil, de 1975 a 2002.

O país de língua portuguesa fica na costa sudoeste africana e tem a economia baseada na exploração do petróleo e diamante. Segundo dados de 2008 a população é de 17,5 milhões, composta quase que totalmente por grupos autóctones (99%) e a religião predominante é o cristianismo (94%). A expectativa de vida está entre as mais baixas do mundo, homens 41,4 anos e mulheres 44,4.

Atualmente

Uma epidemia de febre hemorrágica de Marburg atingiu o norte do país em 2005 e em sete meses matou 350 pessoas. No ano seguinte outra tragédia, a cólera contagia 54 mil e mata mais de 2.200 pessoas.

Em Cabinda acontece o acordo entre o governo e o grupo separatista FLEC ( Frente de Libertação do Enclave de Cabinda) que desde a década de 1960 luta pela independência da cidade.

Em 2008 o MPLA (Movimento Popular de Libertação de Angola) consegue 81,6% dos votos nas eleições e ndica o primeiro ministro, Paulo Kossoma.

Literatura

A Geraçăo da Utopia - Pepetela
Sagrada Esperança - Agostinho Neto
Mayombe - Pepetela
Yaka - Pepetela
O Ano do Căo - Roderick Nehone
Quem Me Dera Ser Onda - Manuel Rui Monteiro
Sobreviver em Tarrafal de Santiago - António Jacinto
Terra Morta - Castro Soromenho
Viriato da Cruz - Poemas
Ecos da minha terra - Óscar Ribas
O Vendedor de Passados - José Eduardo Agualusa
Mário António - Poesia
Boaventura Cardoso – O Signo do Fogo
Ondjaki – Bom Dia Camaradas

Imprensa

Angonoticias

Folha de Angola

Jornal Angolense (Luanda)

Jornal de Angola (Luanda)

Jornal dos Desportos (Luanda)

Nenhum comentário:

Postar um comentário