terça-feira, 31 de agosto de 2010

100 anos de história alvinegra

240px-Timão_100 Todo dia é dia de festa agora no blog. Hoje o maior clube de São Paulo comemora 100 anos de vida, paixão, glória e história. No primeiro minuto deste primeiro dia de setembro fogos iluminavam o ar da metrópole e não deixavam os torcedores corintianos ou não, esquecerem de que data era aquela. Era como se o reveillon na capital paulista fosse antecipado. No Anhangabaú festa com jogadores e famosos alvinegros.

 

 

 

Timão em datas históricas.

  • 1910 – No bairro do Bom Retiro, com o nome de Corinthians em homenagem ao Corinthian Casuals da Inglaterra que excursionava pelo país, surge o Sport Club Corinthians Paulista.
  • 1914 – Campeão Paulista com 100% de aproveitamento em 10 jogos.
  • 1928 – Inauguração do Parque São Jorge, empate em 2 a 2 com o América do Rio.
  • 1929 -  Após a primeira vitória contra um time estrangeiro – o Barracas –ARG, surge o apelido de “mosqueteiro”.
  • 1936 – O Timão completa o ano invicto, 28 vitórias e 3 empates.
  • 1940 – Inauguração do Pacaembu, contra o Atlético MG.
  • 1952 – Primeira excursão à Europa, 12 vitórias, 3 empates e uma derrota.
  • 1965 – Estreia de Rivellino
  • 1966 – Surge o apelido de Timão, após as contratações de Garrincha, Ditão e Nair.
  • 1968 – Fim do tabu de 11 anos sem vitória diante do Santos de Pelé.
  • 1976 – A invasão do Maracanã, mais de 70 mil torcedores viajam ao Rio para assistir à semifinal contra o Fluminense.
  • 1977 – Basílio tira o Timão da fila após quase 23 anos.
  • 1982 – Surge a Democracia Corinthiana.timao mundial
  • 1990 – Campeão Brasileiro pela primeira vez liderado por Neto.
  • 1995 – Campeão da Copa do Brasil.
  • 1998/1999 – Bicampeão Brasileiro com Vampeta, Rincón, Ricardinho, Marcelinho e cia
  • 2000 – Campeão Mundial contra o Vasco no Maracanã.
  • 2002 – Campeão Paulista e da Copa do Brasil, vice Brasileiro com Parreira.
  • tevez 2005 – Parceria com o grupo MSI, contratações de Tevez, Nilmar, C. Alberto e Roger. Tetra Campeão Brasileiro.
  • 2007 – Rebaixamento para a série B.
  • 2008 – Chega Mano Menezes e o Timão é vice na Copa do Brasil e vence a série B.
  • 2009Ronaldo é contratado e o time vence o Paulista invicto e a Copa do Brasil.
  • 2010 – Eliminado da Libertadores e do Paulista, o clube briga pelo penta no Brasileiro.lula

Um bebê que cresce e dá orgulho

bolo Ontem o blog completou seu segundo aniversário e faço aqui uma auto homenagem ao mesmo, que me dá bastante trabalho, nenhum dinheiro e muito prazer. O nascimento foi programado nas conversas durante as aulas chatas na faculdade. A cada conquista, cada visita, cada comentário, uma alegria, um sorriso. Recentemente descobri ferramentas que me permitiram saber de onde clicam os frequentadores do blog e de onde vêm. Quem diria por exemplo que o tópico mais acessado seria sobre um jogador belga?

Neste pequeno texto não poderia deixar de agradecer aos blogs que prestigiam o Blog do Lucizano. Principalmente ao Opiniãofc que é formado por um grupo de amigos jornalistas graduados pela Unesp. E ao La Poderosa do amigo Renato, formado pela USJT - futuro companheiro do curso de Jornalismo Cultural da revista Cult na Cásper - que sempre está presente e deixa seus comentários por aqui. Vale lembrar também que o blog já foi mencionado no Blog do Milton Jung, da rádio CBN. Veja aqui.

As estatísticas do blog.

Visitas de 10/10/2008 até hoje: 4.594.

Postagens incluindo esta: 239.

Ano com mais postagens: 2010 com 130 publicações.

Mês com mais postagens: Junho de 2010 com 35 posts.

Temas mais abordados pelo blog:

Post visto por mais pessoas ao mesmo tempo:

http://blogdolucizano.blogspot.com/2010/08/o-retorno-do-talento-selecao.html

As postagens mais acessadas foram:

Origens do tráfego

País de origem

  1. Brasil
  2. Estados Unidos
  3. Portugal
  4. Alemanha
  5. França
  6. Irlanda

O leitor está convidado a opinar e deixar sua crítica e sugestão. Comente.

segunda-feira, 30 de agosto de 2010

Timão vence e cola no Flu, Inter e Santos se aproximam

A décima sétima rodada do Brasileirão 2010 foi paulista com quatro das cinco equipes vencedores da rodada. Nenhum time fez mais que dois gols e só um venceu com mais de um gol de diferença. Santos, Corinthians, Palmeiras, Guarani e Inter foram os únicos que ganharam.

zeeduardojunior_ae30 Com mais uma vitória e dono do maior número de finalizações no torneio, o Santos se aproxima dos lideres e já sonha com a tríplice coroa. Mesmo com a perda de André, Robinho e com a lesão de Ganso, o peixe vem de uma série de boas atuações e chegou à terceira vitória seguida no sábado diante do Goiás. O clube do centro-oeste aliás faz pífia campanha, a derrota foi a quarta consecutiva e a lanterna na mão. Hoje Jorginho ex-auxiliar de Dunga foi contratado.

O time mais driblador do Brasileirão se recuperou da derrota para o Atlético GO e venceu fora de casa o Atlético MG por 2 a 1 com gols de Marcos Assunção e Kléber. Foi a primeira vitória do verdão como visitante. Já o galo perdeu a quarta em casa e segue no R4. E o Luxa continua no comando, só não se sabe até quando.

Há dez rodadas o Ceará liderava o torneio ao lado do Corinthians, mas a má fase lhe custou as primeiras posições e o empate contra o Prudente em casa só não foi pior porque Cruzeiro, Avaí e Vasco empataram também. Time mais faltoso do nacional, o Vozão têm vida dura na quarta-feira contra o Furacão no Paraná. O jogo promete ser violento, visto que o time da baixada já levou oito cartões vermelhos.mont_flu_cor_30

Segundo melhor ataque e segundo lugar no Brasileirão o Timão passou pelo Vitória no Pacaembu, por 2 a 1. O encontro marcou a volta de Ronaldo aos gramados após mais de três meses fora. Agora o time do Parque São Jorge está três pontos atrás do lider Flu. Já são nove jogos no Pacaembu e 100% de aproveitamento.

Lider que ficou no empate com o São Paulo no Maracanã. E por pouco não foi pior, por que os cariocas levaram a virada após o primeiro gol de Deco pelo clube. Rogério Ceni de falta empatou – seu primeiro gol no estádio – e Fernandão virou. Leandro Euzébio empatou e Washington teve a chance de virar para o Flu em pênalti que não existiu, porém Ceni defendeu.

Com o pior ataque do campeonato o Flamengo vencia o Guarani em Campinas até os 46’ do segundo tempo. Entretanto o Bugre virou nos acréscimos e os diversos gols perdidos por Val Baiano fizeram falta. Os atacantes do Mengo marcaram 14 gols em 17 partidas.

O Fogão buscava a sexta vitória seguida contra o Inter no Beira-Rio, mas o campeão da América fez 1 a 0 e tirou o alvinegro do G4. Na verdade o Colorado transformou o G4 em G6 ao lado do Santos. Isso porque os dois já estão garantidos na próxima Libertadores e abrem vaga para os dois times abaixo, no caso o próprio Botafogo e o Cruzeiro.

Os resultados da rodada.

Fluminense 2 X 2 São Paulo
Atlético-GO 2 X 2 Avaí
Atlético-PR 1 X 1 Grêmio
Corinthians 2 X 1 Vitória
Guarani 2 X 1 Flamengo
Atlético-MG 1 X 2 Palmeiras
Ceará 2 X 2 Grêmio Prudente
Santos 2 X 0 Goiás
Vasco 1 X 1 Cruzeiro
Internacional 1 X 0 Botafogo

Imagens do site Globoesporte.com

quinta-feira, 26 de agosto de 2010

O sorteio da Champions League

1519169_w2

Hoje os 32 times classificados para a fase de grupos da Uefa Champions League conheceram seus adversários. O sorteio foi bom para Bayern, Manchester, Chelsea e Barcelona, que não devem ter dificuldades para passar de fase na primeira posição de seus grupos. A atual campeã Inter de Milão não teve mesma sorte e terá no mínimo dois bons rivais. Mas o sorteio foi pior mesmo para Milan, Real Madrid e Ajax que caíram na mesma chave, se bem que quem não deve ter ficado feliz é Jean Fernandez, treinador do Auxerre, afinal terá três gigantes pela frente. No total são 20 títulos do torneio no mesmo grupo, 9 do Real, 7 do Milan e 4 do Ajax.

Os grupos ficaram assim:

Grupo A: Internazionale, Werder Bremen, Tottenham, Twente

Grupo B: Lyon, Benfica, Schalke 04, Hapoel Tel-Aviv

Grupo C: Manchester United, Valencia, Rangers, Bursaspor

Grupo D: Barcelona, Panathinaikos, Kopenhagen, Rubin Kazan

Grupo E: Bayern Munique, Roma, Basel, Cluj

Grupo F: Chelsea, Olympique de Marseille, Spartak Moscou, Zilina

Grupo G: Milan, Real Madrid, Ajax, Auxerre

Grupo H: Arsenal, Shakhtar Donetsk, Braga, Partizan

No grupo A, a atual campeã deve garantir a vaga e deixar a briga pela segunda posição com Tottenham e Bremen que vieram dos playoffs. A zebra vem do futebol vice-campeão mundial, o campeão holandês Twente. Minhas apostas são Inter e Bremen.

Lyon, Benfica e Schalke 04 disputam duas vagas bo grupo B. O H. Tel-Aviv é mero figurante e qualquer ponto deve ser encarado como vitória. Aposto em Benfica e Schalke 04.

Mesmo com a perda de David Silva e Villa, o Valência é a segunda força do grupo C. Rangers e Bursaspor pretendem surpreender. No entanto o favorito é o Manchester United. Aposto em Manchester e Valência.

Outro que deve passar bem é o Barcelona que deve passar facilmente contra Kopenhagen, Rubin Kazan e Panathinaikos. O russo Rubin Kazan é bicampeão em seu país e é sempre bom lembrar que bateu o poderoso Barça na última temporada. Barcelona e Rubin Kazan são minhas apostas.

Bayern e Roma caíram num grupo relativamente tranquilo que tem ainda Cluj e Basel. A briga deve existir somente pela primeira posição do grupo. Bayern e Roma.

O Chelsea deve ter vida mansa em seu grupo. Drogba encontratá seu ex-clube Olympique de Marseille, segunda força. Spartak Moscou e Zilina lutam apenas pelo terceiro posto. Chelsea e Olympique avançam.

Os jogos mais esperados são do grupo G. Milan x Real, Milan x Ajax, Real x Ajax são imperdíveis. Ah, o grupo tem também o Auxerre. Ano passado Milan e Real se enfrentaram também na fase de grupos. Porém neste ano o Real conta com o atual campeão europeu José Mourinho. Aposto em Real e Milan, nesta ordem.

Por fim, o Arsenal também pegou uma moleza e deve avançar. Braga e Shakhtar lutam pela segunda vaga. O atacante brasileiro Eduardo da Silva encontrá sua ex-equipe. Já o Partizan será a zebra caso passe. Arsenal e Braga são minhas apostas.

Com tantos craques em campo, será que alguém supera a marca do brasileiro Mazzola com  mais gols em uma edição da Liga dos Campeões? Em 1962-63 ele marcou 14 gols com a camisa Rossoneri. O último a chegar perto da marca foi o holandês Ruud Van Nilsterooy em 2002-03, pelo Manchester United. Nos dois últimos anos Messi levou o troféu com 9 e 8 gols.

Este ano Espanha e Itália lutam pelo domínio da LC. Ambos somam 12 títulos. Quem pode chegar é a Inglaterra que com 11 troféus aposta na forças de Manchester e Chelsea. E o título pode vir em casa, visto que a final acontecerá no novo Wembley, em Londres. Desde 2003-04 quando o Porto de Mourinho levou o caneco que um clube fora do trio não chega à final. 

Aproveito para lançar uma enquete. Quem passa de fase? Opine!

quarta-feira, 25 de agosto de 2010

Fluminense abre cinco pontos de vantagem para o Timão

get Invicto há treze jogos, melhor ataque do campeonato e cinco vitórias e 17 pontos somados como visitante. Essa é a campanha até aqui do Fluminense que venceu o Goiás no Serra Dourada por 3 a 0 e aumentou a vantagem sobre o segundo colocado, o Corinthians. Nos outros confrontos da rodada, vitórias do Inter, Botafogo, Atlético PR,

Com gols de Emerson, Washington e Marquinho o Flu manteve a liderança isolada do campeonato em Goiás e joga o clube esmeraldino lá pra baixo da tabela. Resta saber até quando Leão continuará no clube com tais resultados. É verdade que em um time com o ataque Everton Santos e Rafael Moura não se pode culpar o treinador. Muricy continua sua caminhada rumo ao tetra e agora encara o São Paulo no Rio.

A pressão foi grande na Ressacada, porém o Inter segurou o placar de 1 a 0 e garantiu presença no G4, se bem que a Libertadores 2011 está confirmada. Índio fez aos 9’ e tornou-se o maior zagueiro artilheiro do clube, com 27 gols, um a mais que o ídolo Figueroa. O Avaí perdeu a segunda seguida e fica mais longe da zona da Libertadores.

Em Minas o Cruzeiro marcou aos 3’ e depois só se defendeu. O Timão ainda teve um pênalti perdido por Bruno César – terceiro seguido perdido pelo time paulista – e não conseguiu furar a violenta defesa mineira.

No Engenhão o time de Joel Santana fez a quina contra o Ceará. Mais uma vez com um placar magro, 1 a 0, gol de Jobson, mas que valeu os três pontos. A gordura que o Vozão acumulou no começo do Brasileirão vai sendo gasta.

Em Porto Alegre os gaúchos saíram na frente com Borges logo no início do jogo, no entanto aos 70’ Neymar de pênalti empatou. Aos 88’ Neymar teve a chance de virar para o Peixe, mas Victor defendeu o pênalti. Nos acréscimos Rodriguinho ainda teve tempo de fazer o gol da virada em um chute de fora da área. Final Grêmio 1x2 Santos. 

O São Paulo tentava espantar a má fase no Morumbi contra o Vasco, mas ficou no empate sem gols. É o quarto jogo sem vitória consecutivo do tricolor no campeonato. Os cariocas não perderam após a parada para a Copa e a chegada de PC Gusmão.

Amanhã tem Palmeiras e Atletico GO, Vitória e Guarani e Flamengo e Atletico MG.

terça-feira, 24 de agosto de 2010

Braga e Bremen fazem história na UCL

Dos jogos válidos pela eliminatória da Champions League poucos acreditavam que Sevilla e Braga seria o mais importante. Os portugueses conseguiram uma vaga histórica para a fase de grupos. Na Itália a briga entre italianos e alemães parecia definida até os momentos finais, quando o Bremen marcou gol salvador e conquistou a improvável vaga na prorrogação.

1517751_w2O gol de Matheus aos 62’ no estádio Municipal em Braga na quarta-feira passada deu ao time português a vantagem de poder empatar ou até perder por um gol de diferença na Espanha. Quando Jesús Navas marcou o gol de empate para o Sevilla aos 84’ parecia que teríamos um sufoco no Ramón Sánchez-Pizjuán. Ledo engano, após vencer durante quase toda a partida, o Braga desempatou no minuto seguinte com Lima, que já havia marcado o segundo dos portuguêses e voltaria a marcar aos 90’. De nada adiantou o gol de Luís Fabiano em falha de Felipe ex-Corinthians, porque os andaluzes já perdiam de 2 a 0 naquele instante. De nada adiantou também o gol de Kanouté, afinal a vaga já estava decidida em um jogaço de sete gols. Fim de jogo (Sevilla 3X4 Braga) e classificação inédita do Braga.

1517925_w2 A Sampdoria fez o que muitos torcedores duvidavam, conseguiu marcar três gols e acabar com a vantagem do Bremen até os 90+3, quando Rosenberg marcou e igualou o placar da partida de ida. No estádio Luigi Ferraris, em Gênova, Pazzini arrasador marcou logo aos 8’ e 13’. Era o que precisava a Samp. Dominado o Werder ainda levou o terceiro aos 85’ desta vez com Cassano. Com o gol do atacante sueco o jogo foi para a prorrogação e ai brilhou a estrela do peruano Pizarro. Com 10’ do tempo extra ele fez o gol da classificação alemã. A vitória teve um gosto especial, afinal o Calcio e a Bundesliga disputam uma vaga na UCL, que atualmente pertence aos italianos.

No mais, novo 2 a 2 entre Anderlecht e Partizan, desta vez em Bruxelas e vaga para os sérvios nas penalidades (4x3). Não será possível ver a jovem promessa belga Romelu Lukaku – que marcou o primeiro dos belgas e chegou a três no torneio – na fase de grupos. A não ser que ele seja contratado por algum outro clube, especulação do mercado. Os sérvios voltam à fase de grupos da UCL após quatro anos.

Direto da Moldávia, o FC Sheriff não conseguiu nem um pontinho diante do Basel da Suiça e vão assistir ao torneio de casa. Hoje Streller e duas vezes Frei decretaram os 3 a 0. Pela terceira vez o Basel participa da fase grupos da champions.

Em Tel-Aviv, o H. Tel-Aviv precisava apenas de um empate para passar de fase contra o Salzburg da Austria. O relógio marcava 90+2 e o Salzburg vencia por 1 a 0, quando Zahavi balançou as redes austríacas e confirmou a classificação da equipe de Israel.

Amanhã tem mais. Ao lado o placar do primeiro jogo.

Auxerre-FRA x Zenit-RUS (0x1)

Kopenhagen-DIN x Rosenborg-NOR (1x2)

MŠK Žilina-SVK x Sparta Praga-CZE (2x0)

Tottenham-ING x Young Boys-SUI (2x3)

Ajax-HOL x Dynamo Kiev-UCR (1x1)

Clássicos no Rio e em SP no Brasileirão

Duas partidas eram muito aguardadas neste fim de semana no Brasileirão. No Maracanã lotado Vasco e Fluminense e no Pacaembu, Corinthians e São Paulos disputaram o 304º Majestoso. O Botafogo bateu o Avaí e tomou a vaga dos catarinenses no G4, ninguém venceu mais que os botafoguenses nas últimas cinco partidas. Outro destaque foi a derrota do Cruzeiro no Ipatingão para o Vitória.

jucilei_rib_62A fase dos clubes cariocas é inegavelmente boa. No Engenhão o Fogão venceu o Avaí com gol de Fábio Ferreira e assumiu a terceira colocação. O clube não perde há sete partidas no campeonato e vem de quatro triunfos seguidos. Já o time de Guga vive uma série de altos e baixos, mas está atrás apenas dois pontos do Ceará, quarto lugar.

Nos outros dois jogos do sábado duas surpresas. No Serra Dourada o Prudente venceu o Goiás por 2 a 1 e afundou os esmeraldinos que agora ocupam a penúltima posição. O Goiás perdeu 4 das últimas 5 partidas. Já no Castelão, o Grêmio visitou o Ceará e foi derrotado mais uma vez, 2 a 1. Foi a sexta derrota dos gaúchos que estão no R4.

diogo_deivid_vip_14No domingo o Flamengo – pior carioca no Brasileirão – foi ao Paraná e perdeu por 1 a 0 para o Atlético PR. Apesar de sofrer menos gols que antes da Copa, o Mengão não faz, por isso as contratações de Diogo e Deivid foram comemoradas.

Após a ressaca da conquista da Libertadores o Inter apenas empatou com o lanterna Atlético GO em 1 a 1. Victor Ferraz marcou para o Dragão e Leandro Damião empatou no segundo tempo para os colorados.

Dono do título de equipe que mais empatou até aqui, o Palmeiras foi a Campinas e não saiu do zero com o Guarani. Foi o oitavo empate do time de Felipão e o sétimo do Bugre. O placar foi exatamente reflexo da partida, sem emoções e pouca criatividade.

Na Vila festa para Neymar que decidiu ficar no Santos ao invés de ir para o poderoso Chelsea. E foi o garoto que marcou e deu passe para gol na vitória do Peixe sobre o Galo por 2 a 0. O Santos já é sexto e luta pela tríplice coroa. O time de Luxa é o que mais perdeu – 10 derrotas – e tem a pior defesa – levou 28 gols – por isso é o 18º colocado.

Uma vitória dava ao Cruzeiro um lugar no G4, mas no Ipatingão os mineiros levaram o gol de Junior no início de jogo e não foram capazes de se recuperarem. O sinal amarelo já foi ligado na Raposa, somou apenas dois pontos em nove disputados. Os baianos do Vitória agradecem e com o triunfo ocupam a 11ª posição.

Carlos Alberto fez de tudo um pouco no Maracanã com mais de 80 mil pessoas. Deu passe pra gol, fez lindas jogadas e até perdeu a chance de sair como herói. Se bem que na estreia de Deco, ele também perdeu gol claro. O lider Fluminense marcou primeiro, mas o Vasco é o time da virada, Eder Luis e Fagner colocaram os cruzmaltinos na frente, no entanto Julio Cesar empatou em falha grotesca de Felipe e Zé Roberto. No fim, 2 a 2 justo, afinal, qualquer placar seria justo.

A presença do técnico Mano Menezes podia ter inspirado os atletas tricolores, mas nem isso foi suficiente. O São Paulo não entrou em campo e não fosse Rogério Ceni, teria levado goleada histórica. Elias, Ralf, Jorge Henrique, Bruno César e cia deitaram e rolaram. Já são 10 jogos em perder para o rival e o 3 a 0 aproxima o Timão da liderança.

Os melhores e os piores.

Lider com razão. O Fluminense além de liderar tem o maior número de vitórias (10), é a equipe que menos perdeu ao lado do Corinthians (2) e tem o melhor saldo de gols (14).

Eu quero ver gol…Dono do melhor ataque com 27 gols, o Timão tem o artilheiro do torneio, Bruno César com 8 gols.

A muralha. E a melhor defesa é do? Ceará! Isso aí, o Vozão levou 8 gols em 15 jogos, quase um a cada dois jogos. Entretanto o ataque é o pior do torneio ao lado do lanterna Atlético GO, marcaram somente 12 gols. Se juntasse os dois não chegaria ao ataque do Avaí pro exemplo, quarto melhor.

Tudo ou nada.No Galo o lema é perder ou vencer, se bem que ultimamente está mais para perder ou perder. O clube só empatou uma partida em 15 disputadas.

Sarrafeiro. Welton Felipe do lanterna Atlético Go já levou 6 amarelos e dois vermelhos. Marcos Assunção do Palmeiras ganha se o critério for cartões vermelhos, já levou 3. Michel do Ceará e Marcinho Guerreiro do Avaí também são destaques negativos, levaram 8 e 7 amarelos respectivamente.

segunda-feira, 23 de agosto de 2010

River vence e lidera ao lado do Vélez

ARGENTINA - FÚTBOL A fraca campanha nos últimos anos obriga um dos maiores clubes do futebol argentino vencer e vencer para não ser rebaixado nesta temporada. A pressão é grande e até o momento o elenco vem correspondendo e o melhor, vencendo.

Los Millonarios tiveram um adversário difícil hoje no Monumental de Nuñez, mas conquistou mais uma vitória e segue com 100% de aproveitamento junto ao Vélez que ganhou do Argentinos. Na sexta feira Banfield e Estudiantes empataram e estão apenas dois pontos atrás dos lideres. Já o Boca não encontra um caminho no torneio e segue sem vencer, hoje perdeu para o All Boys.

Fecha 3

banfield_argestudiantes_la_plata_arg Banfield e Estudiantes tentavam seguir invictos no Apertura e na liderança. O primeiro dos objetivos foi alcançado, o 0x0 garantiu a invencibilidade para ambos, mas tirou a liderança. Pensando na final da Recopa contra a LDU os Pinchas pouco criaram. Do outro lado, Erviti carregava o Banfield para o ataque, mas os companheiros não ajudaram.

newells_old_boys_arg.jpgtigre_arg Sem vencer nos dois primeiros jogos Newell’s e Tigre entraram em campo precisando da vitória. Nem foi necessário muito esforço para os comandados de Sensini vencerem. Aos 41’ Vera foi expulso pelo Tigre e com um gol aos 45+2’ de Schiavi, os Leprosos saíram na frente. O gol gerou bastante reclamação e a expulsão do técnico Ricardo Caruso Lombardi, do Tigre, pois foi marcado após os acréscimos. Sem forças para reagir, o time de Caruso ainda teve outra baixa, Trombetta recebeu o vermelho aos 85’ e o clube sofreu o segundo aos 87’ com Luís Rodríguez. Newell’s 2x0 Tigre.

quilmes_arglanus_arg O Quilmes recebeu o Lanús e continua sem vencer. O jogo foi fraco e o empate por 1x1 deixa o clube na 15ª posição e com baixo aproveitamento na pontuação do rebaixamento. Já o Lanús, estaciona na nona posição. Os Grenás possuem a maior pontuação média das últimas três temporadas e não precisam se preocupar com a degola. Morales abriu o placar aos 6’ para o Quilmes e aos 13’ Salcedo empatou.

velez_sarsfield_argargentinos_juniors_arg No ano do centenário o Vélez parece ter forças para chegar ao título. No sábado contra o Argentinos Juniors venceu por 2x0 mesmo jogando mal e apesar do frágil elenco mantém o 100% de aproveitamento e a liderança. Somoza e Santiago Silva marcaram para o Vélez aos 70’ e 75’. Nem a boa atuação de Mercier foi suficiente para o Bicho Colorado resistir e o clube soma apenas um ponto em três partidas.

godoy_cruz_Antonio_Tomba_arg.gifolimpo_arg Em casa o Godoy Cruz alcançou a primeira vitória (1x0) contra o Olimpo em dia inspirado do zagueiro Curbelo. O gol foi marcado por Ariel Rojas aos 41’. O time de Omar Asad ocupa agora a oitava posição. Já o Olimpo, recém promovido, luta contra o rebaixamento.

racing_avellaneda_argsan_lorenzo_arg Em Avellaneda o Racing recebeu o San Lorenzo e foi prejudicado pelo árbitro Héctor Baldassi que não marcou dois pênaltis claros a favor da Academia. Foi o quinto jogo seguido que o Racing perdeu com Baldassi no apito e curiosamente o nona vitória do San Lorenzo. O Ciclón saiu na frente aos 21’ com Pereyra. Em seguida o primeiro penal não marcado. Logo depois foi a vez de Bieler ser agarrado na área e Baldassi não marcou. Na segunda etapa Lugüercio empatou aos 55’. Contudo, aos 85’ veio o sofrimento, Balsas marcou e decretou a primeira vitória dos comandados de Ramón Díaz e a primeira derrota do rival. Racing 1x2 San Lorenzo.

gimnasia_la_plata_arg.gifcolon_arg.gif Gimnasia e Colón foram responsáveis pelo único 0x0 do domingo. Em La Plata as equipes mostraram porque ainda não conseguiram vencer no Apertura. O clube de Santa Fé conta com a boa média das últimas temporadas, mas o Gimnasia precisa pontuar, visto que está pouco a frente de River e Tigre, primeiros fora do rebaixamento. O clube de La Plata é o único que ainda não fez gol no torneio.

ie_lt_retnindependiente_arg O River abriu o placar logo aos 8’ com Mori, mas Silvera empatou em seguida aos 17’. No minuto seguinte Mori colocou o time da casa em vantagem. Ainda no primeiro tempo o defensor Ferrari aumentou para 3 a 1, aos 24’. O treinador do Rey de Copas tentou mudar o time com as entradas de Martínez no lugar de Gracián e Parra no lugar de Pacheco. Porém, o segundo gol saiu apenas aos 89’ com a ajuda do goleiro Carrizo que fez contra. Não havia tempo para mais nada, fim de jogo River 3x2 Independiente.

arsenal_saranfihuracan_buenos_aires_arg Em Sarandí, o Arsenal derrotou o Huracán por 2x0 com gols dos atacantes Obolo e Leguizamon antes dos 20 minutos. O resultado deixa o Arsenal em 5º com seis pontos. O Globo perdeu a segunda e está em 12º.

 

 

all_boys_arglogo_boca46 Na última partida da rodada o Boca perdeu para o All Boys – recém chegado da segundona – e ocupa a modestíssima antepenúltima colocação com um ponto. O All Boys conseguiu a primeira vitória na volta à primeira divisão. Mauro Matos aos 29’ e Eduardo Domínguez aos 39’ garantiram o 2x0. A situação Xeneize é delicada e um novo resultado negativo diante do Vélez pode causar a demissão de Borghi. Já são oito pontos de diferença para os lideres.

Confira a classificação.

Pos.  Clube            J     V     E     D   GP GC   PT

1        Vélez           3     3     0     0     5     1     9
2        River            3     3     0     0     5     2     9
3        Estudiantes 3     2     1     0     3     0     7
4        Banfield      3     2     1     0     3     1     7
5        Arsenal      3     2     0     1     5     3     6
6        Racing       3     2     0     1     4     3     6
7        San Lorenzo 3     1     2     0     4     3     5
8        Godoy Cruz 3     1     2     0     4     3     5
9        Lanús         3     1     2     0     4     3     5
10      Newell`s     3     1     1     1     3     2     4
11      All Boys     3     1     0     2     3     3     3
12      Olimpo       3     1     0     2     2     3     3
13      Huracán     3     1     0     2     2     4     3
14      Colón         3     0     2     1     1     2     2
15      Gimnasia    3     0     2     1     0     1     2
16      Quilmes     3     0     2     1     2     4     2
17      Indepen.     3     0     1     2     3     5     1
18      Boca         3     0     1     2     2     5     1
19      Argentinos 3     0     1     2     2     5     1
20      Tigre         3     0     0     3     1     5     0

Artilheiros

Leguizamón – Arsenal - 3 gols

Mori – River Plate – 3 gols

domingo, 22 de agosto de 2010

O futebol durante a semana de férias

f_24375Após o curto período de descanso – uma semana – volto ao blog. E a semana foi agitadíssima com o início da Premier League e jogos do campeonato holandês, português, brasileiro e argentino, além é claro do merecido título da Libertadores para o Inter.

Óbviamente será impossível falar sobre tudo em apenas um post, portanto, colocarei aqui os resultados dos campeonatos, inclusive da série D, em homenagem aos torcedores do Santa Cruz, clube do Recife que tem uma torcida incrível.

Apertura 2010 – Campeonato Argentino

Os destaques da rodada foram as vitórias de Racing, Banfield, River, Arsenal e Vélez longe de casa sobre Boca, Colón, Huracán, Tigre e All Boys respectivamente. Somente Estudiantes e Olimpo confirmaram a vantagem de jogar em casa e venceram. Abaixo os resultados.

Fecha 2

Colón 0x1 Banfield
Boca 1x2 Racing
Lanús 1x1 Newell`s
Tigre 1x2 Arsenal
S.Lorenzo 2x2 Godoy Cruz
Huracán 0x1 River
All Boys 1x2 Vélez
Estudiantes 2x0    Quilmes
Olimpo 1x0 Gimnasia
Independiente 1x1 Argentinos

Brasileirão

Finalmente o Palmeiras venceu com Felipão, uma hora ia acontecer, mas demorou. O verdão aliás foi o único paulista que venceu. Corinthians, Guarani, Prudente e Santos perderam e o São Paulo empatou no Morumbi com o Cruzeiro. A vítima foi o Atlético PR. Outros que venceram foram o Galo e o Grêmio, entretanto continuam na zona da degola. O fim de semana foi bom mesmo para os cariocas, todos venceram. Destaques para Fluminense que manteve a liderança e Vasco que bateu o Grêmio Prudente em São Paulo. Abaixo os resultados.

14ªRodada

Atlético-GO 0x2 Botafogo
Palmeiras 2x0 Atlético-PR
Flamengo 1x0 Ceará
Atlético-MG 3x1 Guarani
São Paulo 2x2 Cruzeiro
Grêmio Prudente 1x2 Vasco
Avaí 3x2 Corinthians
Fluminense 3x0 Internacional
Vitória 4x2 Santos
Grêmio 2x0 Goiás

Premier League

O campeonato inglês começou com o atual campeão arrasador. O Chelsea goleou o West Bromwich por 6x0. O vice campeão também venceu, 3x0 contra o Newcastle que retorna à elite do futebol na terra da rainha. No clássico da rodada Liverpool e Arsenal empataram em 1x1. Outro jogo que terminou empatado foi o duelo do Tottenham com o rico Manchester City, 0x0. A surpresa foi a goleada do recém promovido Blackpool por 4x0 contra o Wigan fora de casa. Abaixo os resultados.

1ª Rodada

Tottenham 0 x 0 Manchester City
Aston Villa 3 x 0 West Ham
Blackburn Rovers 1 x 0 Everton    
Bolton 0 x 0 Fulham    
Sunderland 2 x 2 Birmingham    
Wigan 0 x 4 Blackpool
Wolverhampton 2 x 1 Stoke City   
Chelsea 6 x 0 West Bromwich Albion
Liverpool 1 x 1 Arsenal
Manchester United 3 x 0 Newcastle United

Eredivisie

O país vice-campeão mundial teve muitos gols na segunda rodada. Os grandes golearam. O PSV derrotou o De Graafschap em Eindhoven por 6x0. Já o Ajax bateu o Vitesse em Amsterdã por 4x2. O atual campeão nacional o Twente empatou sem gols com Heerenveen em Enschede. Terceiro maior vencedor do país e há mais de dez anos sem levar o caneco, o Feyenoord enfrentou o Excelsior e perdeu por 3x2. Abaixo os resultados.

Willem II 3x5 NEC
Utrecht 3x1 NAC Breda
ADO Den Haag 1x3 Roda JC
Excelsior 3x2 Feyenoord
Twente 0x0 Heerenveen
VV Venlo 1x0 Heracles Almelo
PSV Eindhoven 6x0 De Graafschap
AZ Alkmaar 1x1 Groningen
Ajax 4x2 Vitesse

Campeonato Português – Liga Sagres

Do trio Porto-Benfica-Sporting apenas o primeiro venceu. O clube do Dragão visitou o Naval e ganhou por 1x0. Os encarnados do Benfica foram derrotados no estádio da Luz em Lisboa pelo Acadêmica por 1x2. O Sporting visitou o Paços de Ferreira e também foi derrotado. Na estreia de Felipe no gol, o Braga passou pelo Portimonense, 3x1. Abaixo os resultados.

Braga 3 x 1 Portimonense
Marítimo 0 x 1 Vitória de Setúbal
Naval 0 x 1 Porto
Paços Ferreira 1 x 0 Sporting
Rio Ave 0 x 1 Nacional da Madeira    
Beira-Mar 0 x 0 União Leiria    
Benfica 1 x 2 Acadêmica   
Olhanense 0 x 0 Vitória de Guimarães

Libertadores - A América é Colorada novamente

No Beira-Rio o Internacional tomou um susto no fim do primeiro tempo, mas assim como na partida de ida no México, retomou o bom futebol e venceu com sobras o Chivas. O primeiro tempo do Colorado foi mediano e os brasileiros aceitavam a marcação mexicana. Aos 42’ Fabián acertou lindo voleio sem chances para Renan. O Beira-Rio ficou mudo por segundos.

Na segunda etapa o Inter voltou mais agressivo e Rafael Sóbis que não vinha bem marcou aos 16’ depois de cruzamento de Kléber. Já bastava para o título, mas o Colorado queria mais. Leandro Damião entrou no lugar de Sóbis e em uma arrancada do meio de campo driblou um defensor e marcou. Era a virada, a vitória, o título. Mas faltava o garoto Giuliano entrar e brilhar novamente. Talismã, ele marcou o terceiro e fechou a conta. Mais uma vez o Inter conquista a América. Parabéns Colorado.

Abaixo a ficha do jogo.

INTERNACIONAL 3 X 2 CHIVAS GUADALAJARA

Renan, Nei, Bolívar, Índio e Kleber; Sandro, Guiñazu, Tinga (Wilson Matias), D'Alessandro e Taison (Giuliano); Rafael Sobis (Leandro Damião). T: Celso Roth


Michel, De Luna, Magallon, Reynoso e Ponce (Escalante); Báez (Vázquez), Araujo, Fabián e Bautista; Bravo e Arellano. T: José Luis Real

Local: Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS). Data: 18 de agosto de 2010. Árbitro: Oscar Ruiz (Colômbia). Auxiliares: Abraham González (Colômbia) e Humberto Clavijo (Colômbia).

Cartões amarelos: De Luna, Fabián, Bautista (Chivas); Bolívar (Inter). Cartão vermelho: Arellano.

Gols: Fabián, aos 42 minutos do primeiro tempo; Rafael Sobis, aos 16, Leandro Damião, aos 30, Giuliano, aos 45, Araujo, aos 47 minutos do segundo tempo.

Público: 53.124 Renda: não divulgada

quinta-feira, 12 de agosto de 2010

Reformulada, Copa Sul-Americana busca consolidação

215193 A nona edição da Copa Nissan Sul-Americana começou com modificações no regulamento para que os clubes dessem maior importância ao torneio. Desta vez o vencedor classifica-se automaticamante para a Libertadores do ano seguinte, além do prêmio em dinheiro. Tais alterações tem objetivos bem nítidos, a consolidação do torneio.

No entanto os grandes clubes do futebol nacional estão encontrando dificuldades nesta primeira fase da Copa. É bom lembrar que na primeira fase os brasileiros classificados (Palmeiras, Avaí, Atlético MG, Grêmio, Goiás, Prudente, Santos e Vitória) jogam entre si em jogos de ida e volta. Os brasileiros se classificam com  base no Brasileirão, do quinto ao décimo segundo colocado.

2 Outro fato interessante é a mudança na classificação dos clubes argentinos. Boca – maior vencedor com dois títulos e clube com mais jogos, 32 no total - e River eram convidados para participar do torneio até o ano passado, mas agora os seis clubes que pontuarem mais na temporada se classificam. Este ano os dois grandes estão fora. Se classificaram Banfield, Argentinos Juniors, Estudiantes, Newell’s, Independiente e Vélez.

Desta forma, seria natural que os grandes clubes que disputam a Copa Sul-Americana investissem no torneio para conseguir uma vaga na Libertadores. Seria. Mas com a conquista da Copa do Brasil, o Santos poupa atletas e apesar do discurso de tentar um novo troféu, não demonstra muito interesse. Hoje no Pacaembu perdeu para os catarinenses por 3 a 1.

O Galo vai mal das pernas é verdade e até por isso é difícil apostar que o clube não queira vencer o torneio, única chance de sucesso na temporada. O Grêmio também não vai bem no nacional, mas é só que lhe resta. Hoje os gaúchos perderam para o Goiás – com erro gravíssimo de Paulo César de Oliveira e seu bandeira – e deram adeus ao campeonato. O Palmeiras de Felipão foi à Bahia e perdeu por 2 a 0 para o Vitória. Virar em São Paulo será complicado, pois um gol dos baianos complica a classificação.

A partir da próxima fase os brasileiros começam a enfrentar times estrangeiros, entretanto por enquanto não devem ter grandes dificuldades pelo caminho. O vencedor de Avaí ou Santos enfrenta quem passar de Univ. San Martin do Peru e Emelec do Equador. O Atlético MG pega o vencedor de Caraca-VEN e Dep. Lara-VEN/Santa Fé-COL. Quem passar do duelo Vitória ou Palmeiras terá jogos mais difíceis, pois pode enfrentar Cerro Porteño do Paraguai ou U. Sucre-BOL e Colo-Colo-CHI. O classificado Goiás espera pelo vencedor de Peñarol do Uruguai e Univ. César Vallejo-PER ou Barcelona-EQU.

História

Criada em 2002 a Copa Sul-Americana substituiu a Copa Mercosul, antiga Copa Conmebol e é o segundo torneio mais importante entre clubes do continente, atrás da Libertadores. Na primeira edição os clubes brasileiros não participaram devido as datas incompatíveis.7xvmo0y

Apesar do nome, clubes da América do Norte também já participaram do torneio. Estados Unidos, Costa Rica, Honduras e México já mandaram representantes. Este último aliás já teve um clube campeão, o Pachuca em 2006.

1 O Internacional foi o primeiro clube brasileiro a vencer a Copa Sul-Americana. O trunfo veio de forma invicta - fato inédito - em 2008, na final contra o Estudiantes da Argentina. Em 2009 o Fluminense chegou perto, mas viu a LDU do Equador comemorar no Maracanã.

Com a conquista equatoriana cinco países já levaram o caneco, sendo a Argentina a maior vencedora com 4 títulos (2 Boca, 1 San Lorenzo e 1 Arsenal). Os outros todos possuem um título cada, Cienciano do Peru, Pachuca do México, Inter do Brasil e LDU do Equador. Colômbia, Bolívia e Chile tiveraimagesm a oportunidade em 2002, 2004 e 2006 respectivamente com Atlético Nacional, Bolívar e Colo-Colo.

Atualmente no Zaragoza, o chileno Humberto Suazo, el pelado goleador, atingiu a marca de 10 gols em 2006 e tornou-se o artilheiro que mais marcou. A grande campanha ajudou o clube a chegar na segunda posição.

60f1 Em 2002 a competição teve três artilheiros, entre eles está um africano. Isso mesmo, um africano. Trata-se do atacante Pierre Webó, atualmente no Mallorca. Na época ele jogava pelo Nacional do Uruguai. Os outros artilheiros foram Rodrigo Astudillo do San Lorenzo e Gonzalo Galindo do Bolívar.

Os campeões

2002  San Lorenzo
2003  Cienciano
2004  Boca Juniors
2005  Boca Juniors
2006  Pachuca
2007  Arsenal (Sarandí)
2008  Internacional (Porto Alegre)
2009  LDU (Quito)

Os artilheiros

2002 - 4 gols - Rodrigo Astudillo (San Lorenzo), Gonzalo Galindo (Bolívar) e Pierre Webo (Nacional)
2003 - 6 gols - Germán Carty (Cienciano)
2004 - 5 gols - Horacio Chiorazzo (Bolívar)
2005 - 7 gols - Bruno Marioni (Pumas UNAM)
2006 - 10 gols - Humberto Suazo (Colo-Colo)
2007 - 6 gols - Ricardo Ciciliano (Millonarios)
2008 - 5 gols - Alex e Brasil Nilmar (Internacional)
2009 - 8 gols - Claudio Bieler (LDU Quito)

terça-feira, 10 de agosto de 2010

O retorno do talento à seleção

1282962_full-lnd A nova seleção brasileira de Mano Menezes estreiou com muitos novatos e até por isso com certo nervosismo e insegurança em New Meadowlands, nos Estados Unidos. Mas o talento brasileiro rapareceu e tudo mudou. Confesso que ver Ganso com a camisa 10 da seleção canarinho foi empolgante e fiquei com aquela vontade de ver a seleção com a garotada e a prometida ofensividade.

Os americanos pressionaram no início, entretanto o tempo foi passando e os atletas foram ganhando segurança. Mano pedia lançamentos longos para fugir da pressão e do nervosismo inicial. Curiosamente quem errou mais no começo foi o veterano Dani Alves, que esteve na Copa e é titular do poderoso Barcelona.

Robinho armava ao lado de Ganso e às vezes Ramíres. David Luiz – que lembra o jogador de basquete Anderson Varejão - e Thiago Silva trocavam de lado e passavam segurança na defesa.

Tabelas, triangulações, jogadores se deslocando para receber a bola na frente. O talento retornava ao Scratch. A bola passava de pé em pé, sem mais chutões.

Aos 27 veio o gol, Neymar marcou de cabeça para o Brasil após cruzamento de André Santos. O primeiro do garoto do Santos, que Dunga preferiu ignorar.

Quatro minutos depois foi a vez de Pato, o outro atacante marcar, mas o bandeira anulou corretamente, pois o atacante empurrou o goleiro.

Ganso, Robinho, Pato e Neymar trocavam passes e envolviam a defesa americana no chamado ‘toco y me voy’, aqui conhecido por um dois.

Aos 45’ Ganso viu Ramíres livre e o ex-cruzeirense enxergou Pato e com dois passes deixou o0,,42946897-EX,00 atacante Rossoneri na frente de Howard. Na frente do gol o atacante driblou o goleiro de saiu pra comemorar. Como disse o jornalista Leonardo Bertozzi por meio de seu twitter, Pato, a exmplo de David Luiz e Thiago Silva, são titulares para uma década na seleção nacional.

Veio o segundo tempo e com menos de um minuto Pato perdeu gol incrível após assistência de Robinho. O Brasil valorizava a posse de bola e apostava no toque de bola. Aos 7’ Robinho acertou a trave americana.

Com menos de 15 minutos Mano fez a primeira mudança, Hernanes negociado com a Lázio no lugar de Ramíres, reforço do Chelsea. Logo depois Neymar recebeu na área, pedalou e chutou para a defesa do goleiro. Cinco minutos depois André entrou no lugar de Pato e formou o quarteto do Santos no ataque da seleção.

No entanto que quase marcou outro foi Neymar, o atacante – o melhor em campo – recebeu passe longo e chutou em cima do goleiro. Daí chegou a vez do jovem santista deixar o campo para a estreia de Ederson do Lyon. Uma das surpresas de Mano jogou menos de um minuto e em seu primeiro lance se machucou, Carlos Eduardo entrou sem seu lugar.

O Brasil dominava a partida e por pouco não ampliou aos 32’ em chute de Ganso de fora da área, a bola encontrou a trave e depois esbarrou no goleiro. Faltavam dez minutos e Tardelli substituiu o capitão Robinho.

Ainda deu tempo para Carlos Eduardo perder gol feito em jogada de André Santos e chute de André. O ex-gremista chutou fraco no canto e o goleiro pegou. E deu tempo também para a estreia de Jucilei, no lugar do craque Ganso. Fim de jogo, Brasil 2x0 Eua.

Com o pouco tempo que teve para treinar a equipe, a seleção de Mano teve ótimo domínio de jogo, troca de passes e em nenhum momento correu riscos contra a entrosada seleção americana. Deu gosto de ver.

Campeonato Argentino - A estreia do Apertura 2010

Tremendo-Silva-Mareque-Nestor-Sieira_OLEIMA20100809_0055_3*Atualizado em 12/12/2010.
O Estudiantes conquistou o pentacampeonato ao bater o Arsenal por 2x0. Para saber mais acesse  

La pelota já está rolando pelo Campeonato Argentino o Apertura 2010. A partida inaugural aconteceu em Sarandí entre a equipe da casa o Arsenal e o Lanús na sexta-feira, com vitória da equipe grená por 2 a 1. Foram dez jogos e nenhuma vitória por mais de um gol de diferença, uma média de gols de 1,7.
Para o técnico do River, Angel Cappa, apenas o Vélez fez uma boa partida nesta rodada inicial. “Vi todos los partidos y sólo Vélez jugó bien. Y es lógico, porque todos los conjuntos nos estamos formando.”, disse ao diário Olé. 
De acordo com pesquisa realizada pelo site do mesmo jornal, Olé, até a noite de ontem mais de 62.165 votos dos internautas apontavam o favoritismo do Boca com 33%. Há dois anos sem vencer o torneio, os Xeneizes apenas empataram na partida de estréia. Logo atrás na pesquisa vem o maior vencedor do país, o River com 28%. No domingo os Millionarios bateram o Tigre pelo placar mínimo.
Os dois gigantes não possuem adversários entre os leitores do site. O terceiro colocado na pesquisa é o Racing com 7%. Logo atrás vem Independiente com 6%, Estudiantes e San Lorenzo com 4%. O atual vencedor Argentinos soma pouco mais de 600 votos.
Ainda segundo o diário, outra enquete com mais de 47 mil votos pergunta quem será o artilheiro do torneio. Mais uma vez Boca e River disputam a liderança. Palermo com 28% e Pavone – contratação mais aguardada no Monumental de Núñez – com 21%. Em seguida aparece outro atleta dos Millionarios, Caruso com 6%. Santiago Silva do Vélez aparece na quarta posição com 5%.
Fecha 1
arsenal_saranfilanus_arg No Estádio Julio H. Grondona o Arsenal não conseguiu segurar o Lanús e foi derrotado por 2 a 1. M. Aguirre abriu o placar aos 25’ e M. Óbolo empatou aos 53’, mas aos 74’ G. Pizarro colocou o Grená na frente.

quilmes_argcolon_arg.gif O Quilmes, clube mais antigo do futebol argentino em atividade enfrentou o Colón e apenas empatou em 1 a 1. Era o retorno dos Cervejeiros à primeira divisão, desde junho de 2007 quando perdeu para o San Lorenzo que o clube não disputava um jogo da primeira divisão. Os Sabaleros saíram na frente com E. Furtes aos 43’ e seguraram a vitória até os 89’, quando J. Morales empatou.
argentinos_juniors_arghuracan_buenos_aires_arg O atual campeão Argentinos perdeu em casa na estreia diante do Huracán por 2 a 1. Aos 39’ G. Vargas marcou para o Bicho Colorado, no entanto na segunda etapa o Globo virou com M. Martínez aos 67’ e César Montiglio 69’.
newells_old_boys_arg.jpgestudiantes_la_plata_arg Atual campeão da América – até a segunda partida da final da Libertadores – e vice argentino, o Estudiantes foi à Rosário e bateu o Newell’s por 1 a 0. Os Pinchas marcaram aos 70’ com la Brujita S. Verón.
racing_avellaneda_argall_boys_arg La Academia mesmo com um jogador expulso – C.Yacob – venceu o All Boys no estádio do Cilindro, em Avellaneda. O zagueiro Lucas Aveldaño marcou aos 62’ e mesmo com o fraco futebol garantiu os três pontos ao Racing.
banfield_argolimpo_arg Já no domingo, no estádio Francisco Sola o time mandante, o Banfield, bateu por 2 a 1 o Olimpo de virada, com gols de W. Erviti aos 71’ e C. García aos 80’. Os comandados de Bahía Blanca marcaram com A. Delorte no primeiro minuto.
ie_lt_retntigre_arg Os Millonarios sofreram contra o Tigre no Monumental de Núñez, porém um gol salvador de R. Mori aos 90 (+1) garantiu a vitória na estreia. Apesar da partida sofrida, a boa notícia foi a grande apresentação do meia habilidoso Diego Buonanotte.
gimnasia_la_plata_arg.gifsan_lorenzo_arg O único zero a zero da rodada ficou por conta de Gimnasia e San Lorenzo em La Plata. Os comandados de Ramón Díaz enfrentram agora Godoy Cruz no Gasometro. Já El Lobo pega o Olimpo.

velez_sarsfield_argindependiente_arg O grande jogo da rodada foi no José Amalfitani entre Vélez e Independiente. El Fortín perdeu muitos titulares – inclusive N. Cabrera que jogou pelo rival, ontem - e o gol de Santiago Silva aos 34’ deu o primeiro êxito aos comandados de Ricardo Gareca. Já o Diablo Rojo, que trouxe mais de meio time, terá que esperar até a próxima rodada para tentar a primeira vitória.
godoy_cruz_Antonio_Tomba_arg.giflogo_boca46 Os Xeneizes foram ao estádio Feliciano Gambarte enfrentar o Godoy Cruz – 3° lugar no Clausura – e ficaram no empate em 1 a 1. Aos 14’ R. Russo marcou para o Expresso, entretanto quatro minutos depois veio empate do Boca com o atacante L. Viatri.