terça-feira, 24 de agosto de 2010

Clássicos no Rio e em SP no Brasileirão

Duas partidas eram muito aguardadas neste fim de semana no Brasileirão. No Maracanã lotado Vasco e Fluminense e no Pacaembu, Corinthians e São Paulos disputaram o 304º Majestoso. O Botafogo bateu o Avaí e tomou a vaga dos catarinenses no G4, ninguém venceu mais que os botafoguenses nas últimas cinco partidas. Outro destaque foi a derrota do Cruzeiro no Ipatingão para o Vitória.

jucilei_rib_62A fase dos clubes cariocas é inegavelmente boa. No Engenhão o Fogão venceu o Avaí com gol de Fábio Ferreira e assumiu a terceira colocação. O clube não perde há sete partidas no campeonato e vem de quatro triunfos seguidos. Já o time de Guga vive uma série de altos e baixos, mas está atrás apenas dois pontos do Ceará, quarto lugar.

Nos outros dois jogos do sábado duas surpresas. No Serra Dourada o Prudente venceu o Goiás por 2 a 1 e afundou os esmeraldinos que agora ocupam a penúltima posição. O Goiás perdeu 4 das últimas 5 partidas. Já no Castelão, o Grêmio visitou o Ceará e foi derrotado mais uma vez, 2 a 1. Foi a sexta derrota dos gaúchos que estão no R4.

diogo_deivid_vip_14No domingo o Flamengo – pior carioca no Brasileirão – foi ao Paraná e perdeu por 1 a 0 para o Atlético PR. Apesar de sofrer menos gols que antes da Copa, o Mengão não faz, por isso as contratações de Diogo e Deivid foram comemoradas.

Após a ressaca da conquista da Libertadores o Inter apenas empatou com o lanterna Atlético GO em 1 a 1. Victor Ferraz marcou para o Dragão e Leandro Damião empatou no segundo tempo para os colorados.

Dono do título de equipe que mais empatou até aqui, o Palmeiras foi a Campinas e não saiu do zero com o Guarani. Foi o oitavo empate do time de Felipão e o sétimo do Bugre. O placar foi exatamente reflexo da partida, sem emoções e pouca criatividade.

Na Vila festa para Neymar que decidiu ficar no Santos ao invés de ir para o poderoso Chelsea. E foi o garoto que marcou e deu passe para gol na vitória do Peixe sobre o Galo por 2 a 0. O Santos já é sexto e luta pela tríplice coroa. O time de Luxa é o que mais perdeu – 10 derrotas – e tem a pior defesa – levou 28 gols – por isso é o 18º colocado.

Uma vitória dava ao Cruzeiro um lugar no G4, mas no Ipatingão os mineiros levaram o gol de Junior no início de jogo e não foram capazes de se recuperarem. O sinal amarelo já foi ligado na Raposa, somou apenas dois pontos em nove disputados. Os baianos do Vitória agradecem e com o triunfo ocupam a 11ª posição.

Carlos Alberto fez de tudo um pouco no Maracanã com mais de 80 mil pessoas. Deu passe pra gol, fez lindas jogadas e até perdeu a chance de sair como herói. Se bem que na estreia de Deco, ele também perdeu gol claro. O lider Fluminense marcou primeiro, mas o Vasco é o time da virada, Eder Luis e Fagner colocaram os cruzmaltinos na frente, no entanto Julio Cesar empatou em falha grotesca de Felipe e Zé Roberto. No fim, 2 a 2 justo, afinal, qualquer placar seria justo.

A presença do técnico Mano Menezes podia ter inspirado os atletas tricolores, mas nem isso foi suficiente. O São Paulo não entrou em campo e não fosse Rogério Ceni, teria levado goleada histórica. Elias, Ralf, Jorge Henrique, Bruno César e cia deitaram e rolaram. Já são 10 jogos em perder para o rival e o 3 a 0 aproxima o Timão da liderança.

Os melhores e os piores.

Lider com razão. O Fluminense além de liderar tem o maior número de vitórias (10), é a equipe que menos perdeu ao lado do Corinthians (2) e tem o melhor saldo de gols (14).

Eu quero ver gol…Dono do melhor ataque com 27 gols, o Timão tem o artilheiro do torneio, Bruno César com 8 gols.

A muralha. E a melhor defesa é do? Ceará! Isso aí, o Vozão levou 8 gols em 15 jogos, quase um a cada dois jogos. Entretanto o ataque é o pior do torneio ao lado do lanterna Atlético GO, marcaram somente 12 gols. Se juntasse os dois não chegaria ao ataque do Avaí pro exemplo, quarto melhor.

Tudo ou nada.No Galo o lema é perder ou vencer, se bem que ultimamente está mais para perder ou perder. O clube só empatou uma partida em 15 disputadas.

Sarrafeiro. Welton Felipe do lanterna Atlético Go já levou 6 amarelos e dois vermelhos. Marcos Assunção do Palmeiras ganha se o critério for cartões vermelhos, já levou 3. Michel do Ceará e Marcinho Guerreiro do Avaí também são destaques negativos, levaram 8 e 7 amarelos respectivamente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário