quinta-feira, 30 de setembro de 2010

É o fim da soberania?

Soberano, nenhuma outra palavra poderia descrever o que o clube do Morumbi realizou nos últimos anos no campeonato nacional. O inedito tricampeonato e o rótulo de maior vencedor do país. Evidentemente que as campanhas de 2006 e 2007 foram mais explicitas, dominadoras. Em 2008 a conquista veio após um breve momento de maus resultados, seguida de uma arrancada triunfal. Mas afinal de contas, o quê acontece com o tricolor agora?

070502libetadores_f_00813É natural que algumas equipes não consigam títulos todos os anos e o futebol apresentado fique abaixo da média atingida em outros tempos. No entanto, o espanto é causado pelo bom elenco do São Paulo. A defesa é praticamente a mesma que foi campeã brasileira. Rogério Ceni, Alex Silva, Miranda e vá lá Ilsinho formam uma base sólida e com nível de seleção. Por que então o setor é o quinto pior do Brasileirão? 

A resposta pode estar mais adiante. É fato que Miranda já não parece ter gana de continuar no clube e quer ser vendido, ponto. Porém, aquele meio de campo brigador e habilidoso já não existe, os atacantes marcadores idem e o comando também é outro. Não que Rodrigo Souto, Fernandão e cia não sejam bons jogadores, mas a fase não ajuda.

Culpar Baresi seria muito fácil, obviamente que ele não é o culpado. A responsabilidade é da diretoria também, sim, a famosa diretoria que sempre tão elogiada por ser profissional. Apostar em Ricardo Gomes até vai, mas insistir na inexperiência é inaceitável. Outra chance de mudar aconteceu recentemente, com a demissão de Dorival Jr, do Santos. Porém, novamente a diretoria não agiu e Baresi continuou.

Nas últimas duas partidas o clube levou sete gols, de Goiás e Grêmio. Somados aos outros 31 do restante do torneio, faltam apenas quatro para atingir em até aqui 26 partidas, a marca alcançada no ano passado em 38 jogos.

SPFC_MEDIANO Se falarmos de 2008 então, a marca já é igual, com 12 jogos a menos. Comparar com o ano de 2007 seria uma injustiça imensa, afinal tal marca dificilmente será igualada, foram 19 gols em 38 jogos. Aliás, para refrescar a memória, sabem quais atletas faziam parte da defesa do tricolor naquele ano? Rogério Ceni, Alex Silva, Miranda e até Ilsinho. Ao lado brincadeira com a fase ruim do São Paulo.

O ano parece perdido para o tricolor, pensar em título parece fantasia, vaga na Libertadores apesar de matematicamente possível é visivelmente sonho com o fraco futebol apresentado. Mas a diretoria vê o tempo passar, a torcida já não lota o estádio e o elenco parece não ter forças para competir. A soberania, o reinado tricolor acabou. Os súditos agora aguardam as novas ordens do rei Juvenal.

sexta-feira, 24 de setembro de 2010

Vélez vence e lidera Apertura, pelo menos até amanhã

Martinez-Moralez-Ambos-anotaron-fundamentales_OLEIMA20100924_0080_18 Dois empates seguidos e a perda da liderança. Com essa pressão o Vélez entrou em campo precisando vencer o Olimpo para voltar ao primeiro lugar no Apertura. Os comandados de Gareca não decepcionaram e conseguiram se impor. Martínez, Moralez e Dominguez marcaram para El Fortín.

Essa foi a quarta vitória do Vélez no José Amalfitani. Os 100% de aproveitamento em Liniers garantem a presença do clube no topo da tabela. J. Martínez jose amalfintaniabriu o placar aos 22 minutos e Moralez ampliou aos 27. Na segunda etapa a equipe de Bahía Blanca se perdeu e Villanueva foi expulso aos 12 e Casais aos 17. Daí ficou fácil e o zagueiro Seba Domingues ampliou aos 28. O Vélez dorme na liderança e torce pelo tropeço do segundo colocado San Lorenzo, que ainda não perdeu no torneio.

O Independiente enfim venceu a primeira no campeonato após oito rodadas, mesmo jogando mal e respira mais aliviado. O time de Avellaneda demitiu o técnico e quase foi surpreendido pelo Gimnasia La Plata no estádio Libertadores de América. Depois de alguns sustos L. Galeano marcou um bonito gol. Ele recebeu na área, driblou um zagueiro, levou a bola para a canhota e chutou colocado no Galeano-definio-delantero-puso_OLEIMA20100924_0094_17 ângulo esquerdo do goleiro. Por pouco os Rojos não levaram o empate no fim da partida. Após pressão, no entanto não deu resultado, visto que Castro perdeu duas chances claras frente a frente com Hilario. El Diablo procura agora um novo treinador para o resto da temporada.

A oitava rodada continua amanhã com Argentinos x Banfield, Estudiantes x Boca, Lanús x All Boys e Colón x San Lorenzo. No domingo jogam Arsenal x Nwell’s, Huracán x Godoy Cruz, Tigre x Racing e River x Quilmes.

quinta-feira, 23 de setembro de 2010

A queda do estrategista

luxemburgo_ae62 O terno escuro contrastando com a gravata rosa, o traje social à beira do gramado e o famoso projeto de Luxemburgo apareceram no Engenhão pela última vez no comando do Atlético MG. O fim da rodada marcou a queda de Luxa, que não aguentou a goleada para o vice-líder e já não é mais o técnico do Galo. O clube está há 15 rodadas na zona de rebaixamento e os maus resultados aliado ao alto custo do treinador foram os motivos para a demissão. Faltam 14 jogos para o fim do campeonato e o Atlético MG parece cada vez mais perto da série B.

A demissão de Luxa atinge uma impressionante marca na troca de técnicos. Dos 20 times da série A, exceto Botafogo, Guarani e Fluminense, não trocaram de treinador durante o torneio. Se pensarmos no começo da temporada então, ninguém se salva, todos trocaram o comandante. Nem todos foram demitidos é verdade, como Mano Menezes, Celso Roth e PC Gusmão. O primeiro trocou o líder Corinthians pela seleção brasileira, já os outros dois apenas trocaram de clube.

dorival Certamente a queda mais polêmica foi a de Dorival Junior. Após imbróglio com Neymar a diretoria acabou demitindo o campeão paulista e da Copa do Brasil. Para piorar os santistas podem ver o rival São Paulo contratar Dorival.

O mercado está aberto para os clubes. Agora Luxemburgo, Dorival Junior, Antônio Lopes, Leão e vá lá Dunga estão disponíveis. Vale lembrar que Autuori e Abel Braga sempre são nomes citados. São Paulo, Santos e Atlético MG estão no páreo.

Na Argentina

A rodada passada também causou estragos na Argentina. Independiente, Huracán e Colón perderam os técnicos e agora especulam seus substitutos. Último lugar no Apertura e sem vencer, o Independiente cogita a contratação de Pumpido. 5521180

segunda-feira, 20 de setembro de 2010

Um começo de século para ser esquecido

logo-ju Mais um episódio triste ontem na história de um dos maiores clubes do Rio Grande do Sul com a queda do Juventude para a série D nacional. O empate com o Criciúma rebaixou os gaúchos. A meta agora é tentar retornar pelo menos à série B no ano do centenário, em 2013.

É difícil acreditar que o mesmo time há onze anos levantava o principal troféu de sua galeria, a Copa do Brasil, diante do Botafogo. E no ano seguinte a disputa da Libertadores.

O ano de 2007 foi o apenas o começo do pesadelo do alviverde. A notícia naquele ano era a queda do Corinthians, mas os torcedores do Juventude também sofreram com a eminente descida de divisão. Eram treze anos na elite do futebol brasileiro.

No ano seguinte o sonho de retornar à série A durou todo o primeiro turno, mas a fraca campanha no segundo turno fez com que a classificação se tornasse quase impossível. Nem a reação nas últimas rodadas foi capaz de levar o Ju de volta à série A.

A campanha no Gaúcho de 2009 parecia prever o que viria. Apenas quarto colocado na chave 1, que tinha Inter, Veranópolis, Novo Hamburgo entre outros, o clube de Caxias do Sul enfrentou o Grêmio, e caiu ainda nas quartas de final.

A pífia seqüência na Série B nacional resultou no rebaixamento do clube para a terceira divisão do Brasileirão. O clube perdeu 18 dos 38 jogos e ficou à frente apenas de Fortaleza, Campinense e ABC.

Em 2010 a meta era voltar à série B, mas a realidade do clube era outra. No estadual novamente o quarto lugar na primeira fase e a eliminação nas quartas de final, desta vez para o Inter. No segundo turno viria o vexame. Último lugar na chave 1.

copa-do-brasil-99No grupo D da competição os gaúchos somaram apenas 8 pontos em 8 partidas disputadas, e mais uma vez a queda de divisão. A terceira em um período de quatro anos. A medíocre campanha no estadual e o rebaixamento para a quarta divisão fazem de 2010 o pior ano da história do clube. No total o time disputou 23 jogos no ano e venceu apenas 3.

Dono da terceira maior torcida no Rio Grande do Sul, a Papada, muitos nomes consagrados já passaram pelo clube de Caxias do Sul, como Cafu, Cuca, Celso Roth, Dorival Jr, Thiago Silva, Naldo, Felipão e Túlio.

domingo, 19 de setembro de 2010

Os 4 melhores africanos

Definidos os quatro representantes do futebol africano nas semifinais da Orange CAF Champions League – a Liga Africana faltava saber quais os confrontos na próxima fase. Ontem Espérance Tunis e TP Mazembe tinham que vencer e torcer pelo tropeço do rival para garantir a liderança. Hoje o JS Kabylie só cumpriu tabela contra o eliminado Heartland. Outro classificado o Al-Ahly fez o jogo egípcio contra o Ismaily, eliminado.

Na Argélia, o já eliminado ES Sétif segurou o empate sem gols com o atual campeão, o TP Mazembe da Rep. Dem. do Congo. Com o resultado o Espérance da Tunísia precisava de uma vitória para terminar a fase em primeiro, e foi ao Zimbábue enfrentar o Dynamos. O capitão da equipe Oussama Darragi marcou aos 21’ e decretou a liderança do grupo para os tunisianos.

O Kabylie visitou os nigerianos do Heartland, atual vice-campeão e ficou no empate, 1 a 1. Com o placar o time manteve-se invicto nesta fase. Já eliminado o Ismaily goleou o compatriota Al-Ahly por 4 a 2. Destaque para Ahmed Ali que marcou duas vezes.

Com os resultados de ontem as semifinais ficaram assim.

(Egito) Al Ahly x Espérance (Tunísia)

(Rep. Congo) TP Mazembe x JS Kabylie (Argélia)

O vencedor do torneio disputa o mundial de clubes da Fifa no fim do ano nos Emirados Árabes.

quinta-feira, 16 de setembro de 2010

G6 na briga pelo Brasileirão

volante-wilson-matias-comemora-com-companheiros-gol-do-inter-diante-do-sao-paulo-1284685311416_300x300 Fim da vigésima segunda rodada do Brasileirão com derrota do São Paulo no Morumbi e empate no Rio. Ao término dos dois jogos o campeonato ganha um novo desenho. Dos lideres Fluminense e Corinthians ao sexto colocado Santos deve ficar a briga pelo título. Na luta pelas vagas na Libertadores é difícil imaginar que Atlético PR, Ceará e Guarani tenham forças para ameaçar os quatro primeiros. Resta saber se Vasco, Palmeiras e São Paulo conseguem uma boa sequencia.

Jogos importantes marcaram a rodada. No Rio o Timão jogou com disposição e vontade de campeão para bater o rival Fluimenense por 2 a 1 com golaço de Jucilei. Washington descontou para os cariocas, foi o 125º gol do W9, que igualou a marca de Serginho Chulapa e Túlio, ambos empatados no quinto lugar dos maiores artilheiros do torneio. Agora Washington está a 10 gols de Zico.

A pôlemica da semana foi na Vila Belmiro, com o garoto Neymar dando show. Show de bola? Não. Show de mau temparamento e xingamentos. A brilhante virada santista por 4 a 2 contra o Atlético-GO foi ofuscada. Hoje o pedido de desculpas feitos pelo atleta. Ficou feio pra ele.

Aniversário do Grêmio e quem fez a festa foi o verdão de Felipão, ex-Grêmio. O Palmeiras venceu por 2 a 1 e ganhou a posição do rival paulista o São Paulo. No fim de semana os dois se enfrentam.

No duelo dos Atléticos o do Paraná levou vantagem e bateu o de Minas por 2 a 1. O galo completou treze jogos seguidos na rodada na zona de rebaixamento em 22 jogos, sendo quatorze rodadas no total – na sétima rodada apareceu pela primeira vez no R4. O Furacão desde a 14ª rodada sobe na tabela.

O Botafogo vinha de duas vitórias seguidas e pegou um Goiás em recuperação no Serra Dourada. Os esmeraldinos massacraram os alvinegros e golearam, 4 a 1. Agora os goianos somam 7 pontos em 9 disputados no segundo turno.

A campanha do Goiás no returno só não é melhor que a do Cruzeiro que venceu todas a partidas. O clube aliás vêm de cinco vitórias seguidas e colou nos lideres. A vítima da vez foi o Guarani, 4 a 2.

Os nordestinos não saíram do zero no Barradão. O vozão segue na parte de cima da tabela e o Vitória se aproxima da zona de degola.

Parece mentira, mas não é. O Flamengo fez gols na segunda partida seguida! E não perdeu. E um atacante marcou. E enfim venceu uma depois de sete jogos. Pior para o lanterna Prudente que perdeu em casa por 2 a 1.

Hoje o Vasco perdeu a oportunidade de encostar no G6. Apenas empatou em 1 a 1 com o Avaí que não vence há 9 rodadas, desde a vitória por 3 a 2 diante do Timão. Foi o décimo primeiro empate cruzmaltino, lider no quesito ao lado do Palmeiras. Sabe quais os resultados dos jogos dos dois? Empate. Ambos por 0x0.

A decepção da rodada foi o São Paulo. Derrota em casa por 3 a 1 para o Inter em uma rodada em que os primeiros colocados venceram é preocupante. Se lembrarmos que domingo é dia de clássico contra o empolgado Palmeiras então, as coisas podem ficar feias para o tricolor. O colorado ganha ânimo novo com a vitória, quem sabe pode ter forças e vontade para tentar o título.

brasileirao 22#

segunda-feira, 13 de setembro de 2010

Humor ou provocação? Os dois

O site espanhol http://www.elperiodico.com/es traz uma charge pra lá de provocadora sobre a discussão gerada pela pena de morte por apedrejamento de Sakineh Mohammadi Ashtiani, viúva acusada de assassinato e adultério. Abaixo a polêmica charge do cartunista Ferreres.

1284402582261

domingo, 12 de setembro de 2010

Metade de uma vida dedicada à Juventus

Foggia Juventus 1-1Hoje a Juventus empatou em 3 a 3 com a Sampdoria, e um dos maiores jogadores da história  da Juve completou 17 anos de clube. O atacante Alessandro Del Piero chegou ao clube vindo do Padova ainda garoto, após 14 jogos pelo clube de Vêneto ele fez sua estreia pela Vecchia Signora no dia 12 de setembro de 1993, diante do Foggia. Ele entrou aos 74 minutos, no lugar do atacante Ravanelli.

Seu primeiro gol não demorou a sair, foi na semana seguinte, contra o Reggiana. Naquele tempo o jovem Del Piero disputava vaga no ataque com feras como Roberto Baggio, Ravanelli, Vialli e Casiraghi.

Com saída de Trapattoni e a chegada de Marcello Lippi o clube conquistou a Série A após nove anos. Na temporada seguinte veio a glória com a conquista da Copa da Itália e da Champions League, em Roma, contra o Ajax. Em 1995 a estreou pela Azurra contra a Estônia.

Em 1996 Ale disputou sua primeira Euro, mas jogou apenas uma partida. No fim do ano viajou a Tóquio e ganhou o Mundial de clubes contra o River Plate da Argentina. Além do título, o camisa 10 levou o troféu de melhor em campo. Outra conquista individual de Del Piero no ano foi o de Futebolista Europeu Sub-21.

De lá pra cá Del Piero não parou de vencer e quebrar recordes. Com a Juve ele venceu a Série A em 1996-97, 1997-98, 2001-02 e 2002-03, a Supercopa Italiana 1995, 97, 02 e 03, além da Série B em 2006-07. No período o italiano ainda foi artilheiro da Champions League nas temporadas 1996-97 e 1997-98.

Sua temporada de maior goleador foi a de 1997-98, com 32 gols em 47 partidas pela Juve. Na série A o seu recorde de 21 gols, que se repetiria em 2007-08. Na Champions League 10 gols e a artilharia, além de um gol na Copa da Itália.Campionato SERIE A 2009-2010

Com a boa campanha, muito se esperava dele no Mundial da França, mas a eliminação nas oitavas de final e nenhum gol no torneio decepcionam os torcedores. No ano 2000 chegou à final da Euro, mas foi derrotado pela França. Em 2002 Del Piero teve novamente a chance fazer um bom Mundial, porém nova eliminação nas oitavas de final, desta vez o craque pouco jogou – apenas 85 minutos em campo - e marcou um gol.

Em 2004 nova decepção, cai na primeira fase da Euro com a seleção e sem marcar. A maior honra, entretanto veio em 2006 com a seleção Azurra, a conquista da Copa do Mundo de 2006 contra a França. Ele participou de 5 jogos e marcou um gol.

Abaixo os números de Del Piero em 17 anos de clube. Com 35 anos de idade, ele já passou quase metade da vida defendendo as cores bianconeras.

Juventus

637 jogos e 275 gols

Na série A: 423 jogos e 177 gols

Na Champions League: 89 jogos e 42 gols

Na Copa da Itália: 49 jogos e 23 gols

Na série B: 35 jogos e 20 gols.

Abaixo outras figurinhas do craque: Todas as temporadas pela Juve e da Copa de 2006.

93-94-j

94-95-j95-96-j96-97-j97-98-j98-99-j99-00-j00-01-j01-02-j02-03-j03-04-j04-05-j05-06-j06-07-j07-08-j08-09-j236_Del_Piero06-i

sábado, 11 de setembro de 2010

Goleiro pega pênalti e comemora antes da hora

No Marrocos dois times disputavam uma vaga pelas oitavas de final da Copa do Rei, a partida terminou empatada em 1 a 1. A disputa foi para os pênaltis e aí está o motivo deste post. O goleiro do Far de Rabat, Khalid Askri apontou o canto para o batedor e defendeu a cobrança. Khalid foi comemorar com a torcida, entretanto esqueceu de ver a trajetória da bola, que voltou para o gol. O atleta do rival Maghreb de Fès viu e avisou ao árbitro que anotou o gol. No fim, 7 a 6 para o Maghreb de Fès e tristeza do goleiro.

23 filmes disputam a indicação brasileira para o Oscar 2011

O Ministério da Cultura divulgou na quarta-feira (08/09) a lista com os filmes inscritos que vão concorrer a uma vaga entre os melhores filmes de língua estrangeira. São 23 os escolhidos que vão tentar levar o troféu em 2011, na 83ª edição do prêmio do Oscar.foto06

O escolhido será conhecido no dia 23 de setembro, na Cinemateca Brasileira, em São Paulo e pela primeira vez o público pode votar em seu filme preferido no site do Ministério da Cultura. No entanto, não será o voto que decidirá o indicado. Segundo nota do site, “…será uma indicação para auxiliar a Comissão na escolha do filme vencedor,… sendo a Comissão de Seleção responsável pela deliberação da indicação do filme nacional a concorrer ao oscar”.

Até as 0h 5 minutos de hoje o filme Nosso Lar do diretor Wagner de Assis, liderava com 66,0% dos votos, o que representa mais de 20 mil indicações. O longa aliás, foi visto por mais de um milhão de pessoas em apenas cinco dias, marca inédita. Apesar do famoso elenco, com Marieta Severo e Paulo José, Quincas Berro D’água não aparece entre os favoritos do público.

Não posso opinar sobre nenhum dos indicados pois ainda não vi nenhum deles. Desinteresse pelo cinema nacional? Pelo contrário, sempre que posso assisto aos filmes brasileiros, mas a verdade é que nada de especial foi produzido recentemente. Aliás, Tropa de Elite – 2007 - de José Padilha foi o último sucesso no país.

Confira abaixo a lista dos selecionados:
As Melhores Coisas do Mundo
A Suprema Felicidade
Antes que o Mundo Acabe
Bróder
Carregadoras de Sonhos
Cabeça a Prêmio
5X  Favela -  Agora Por Nós Mesmos
Chico Xavier
É Proibido Fumar
Em Teu Nome
Hotel Atlântico
Lula, o Filho do Brasil
Nosso Lar
Olhos Azuis
Ouro Negro
O Bem Amado
O Grão
Os Inquilinos
Os Famosos e os Duendes da Morte
Quincas Berro D’água
Reflexões de um Liquidificador
Sonhos Roubados
Utopia e Barbárie

Trailer do filmr Nosso Lar.

quinta-feira, 9 de setembro de 2010

Renovação rossoneri

robinho_ibrahimovic_reu_95 Não é de agora que os torcedores e a imprensa criticam a falta de renovação no elenco milanista. Jogadores que apesar do talento já estão com a idade avançada e por muito tempo formavam a base titular. Agora o clube resolveu mudar e finalmente renovar. As contratações de Amelia, Yepes, Papastathopoulos, Boateng, Ibrahimovic e Robinho mudaram o patamar do clube, que passa a ser candidato ao troféu da série A, algo que não ocorre desde a temporada 2003/2004.

As saídas de Dida, Favalli e Borrielo colaboram para esta renovação. Dida já estava no clube há oito temporadas e Favalli (de 38 anos) há quatro. Já Borrielo que foi contratado pela Roma, fazia até bons jogos, mas a comparação com os contratados é injusta.

O goleiro Amelia chega ao clube após boa campanha pelo Genoa em 2009/10 e com a experiência de mais de 200 jogos na série A. Junto com ele do Genoa, veio o promissor Sokratis Papastathopoulos, de apenas 22 anos. A juventude do grego será combinada com a experiência de Yepes, colombiano que estava no Chievo. Com os reforços, o setor defensivo ganha força, já que a permanência de Thiago Silva e a presença de Nesta garantem segurança.

Segurança que o clube terá que ter se a aposta for o ataque. Os 24 milhões de euros gastos com Ibrahimovic e Robinho, mais os medalhões Ronaldinho Gaúcho, Pato e Inzaghi são para deixar qualquer clube ofensivo. Vai sobrar para Gatuso, Flamini, Pirlo, Ambrosini, Boateng e Seedorf a tarefa de marcar por eles e também municiar esse poderoso ataque.milanello

Famoso por seu estilo ofensivo, o novo treinador Massimiliano Allegri tem melhores opções que seu antecessor, o brasileiro Leonardo. Apesar da recomendação de jogar com dois atacantes, é bem provável e possível a presença de três atacantes. Ibrahimovic, Pato e Robinho, com Ronaldinho e Seedorf na armação. A escalação poderia ser: Amelia, Papastathopoulos, Nesta, Thiago Silva, Antonini; Gatuso, Pirlo e Ronaldinho; Ibrahimovic, Pato e Robinho. Caso Allegri queira que a equipe não se exponha tanto, basta tirar um dos atacantes e colocar Seedorf ou Flamini, além de Ambrosini.

Pode ser um novo trio da era Berlusconi, que começou com Gullit-Van Basten-Virdis em 1988, passou por Savicevic-Weah-R.Baggio em 1995 e Inzagui-Shevchenko-Rui Costa em 2001. Resta saber quem vai ficar de fora, Ronaldinho? Robinho? Ibra? Pato? ou Inzagui?

O problema é bom de resolver, um elenco mais jovem e com jogadores que chegam para calar os críticos, como Ibra e Robinho, ambos com incrível capacidade técnica, mas que não renderam o esperado em seus clubes, Barcelona e Manchester City.

20 anos de carreira do mito

Ele completou 20 anos de carreira, 17 deles em um dos maiores clubes do país, já ganhou três brasileiros, duas libertadores da América, dois mundiais interclubes, três paulistas, uma Copa das Confederações e uma Copa do Mundo. Já marcou 90 gols – o maior goleador no mundo em sua posição - e é o recordista de jogos com a camisa do seu clube com 924 partidas. Seu nome? Rogério Ceni, ou RC.

download Odiado pelos rivais e idolatrado pelos tricolores, Ceni chegou ao clube em 1990 e aos poucos foi ganhando seu espaço. Teve que esperar a saída de outro ídolo – Zetti – para brilhar.

O olhar fixo do garoto que assumia o gol do São Paulo parecia mostrar a todos que ali nasceria um mito. A confiança no seu trabalho por vezes é encarada como marra por seus oponentes. A tranqüilidade que passa aos companheiros de clube e a gana por vitória o tornam exemplo para os mais jovens.

Exemplo em campo e fora dele, Ceni gosta de frisar que não fuma e não bebe. Talvez por isso ainda jogue em alto nível. E não adianta alguém citar Romário que jogou até os 40 e tantos anos, porque desde os 30 e pouco ele apenas andava em campo, era gênio, mas não mais atleta. Aliás, quantas lesões teve Ceni na carreira? É possível contar nos dedos. Faltas em treino? Este ano nenhuma, segundo o próprio.

Reza a lenda de que Ceni não voltou à seleção devido ao episódio dos ‘carecas’, no qual após a conquista de um título todos os jogadores da seleção raspariam a cabeça, porém ele não topou. Outro exemplo de personalidade do capitão são paulino.

ceni É inacreditável como não nos deslumbramos com o fato de RC ter feito tantos gols, se tornou comum, para nós, vê-lo marcar. Seja de pênalti ou falta, não importa. O fato de um goleiro fazer gols já é espantoso. E não foram gols contra clubes pequenos apenas, Ceni marcou também contra os principais clubes do país, inclusive Santos, Palmeiras e Corinthians.

Futuras gerações que não o viram jogar vão dizer que ele foi o maior goleiro de todos os tempos. Sim, porque ele também sempre foi um arqueiro de nível mundial, que escolheu jogar por apenas um clube.

Sabemos que o ‘se’ é um ponto de interrogação, mas como se Rogério jogasse em um grande clube europeu e fizesse 20% do que fez no tricolor, seria no mínimo finalista na lista dos três melhores da FIFA.

Pelo menos duas perguntas ficam momentaneamente sem resposta. Até quando jogará Rogério Ceni? E, qual será o próximo cargo dele no clube, presidente ou treinador? Acredito que os tricolores não querem saber a resposta tão cedo, já os rivais...

terça-feira, 7 de setembro de 2010

A última rodada do primeiro turno

Corinthians 5x1 Goiás

jorge-henrique-goias-630 Sábado a torcida do Timão levou um susto no Pacaembu com um golaço do experiente lateral esquerdo Junior, parecia que seria uma noite daquelas que são a cara do time paulista. E até foi, mas só até o fim do primeiro tempo, quando o zagueiro Amaral levou o segundo amarelo e foi expulso. Em seguida o gol de empate. Veio a segunda etapa e o baile corintiano, Iarley, Bruno César, Jorge Henrique e Marcão (contra) marcaram. Goleada e a festa que começou na terça a noite continuava na região central de São Paulo. E os goianos estão cada vez mais perto da série B.

Fluminense 1x2 Guarani

O Bugre deu aquela força pro Corinthians e venceu de virada o Flu no Brinco de Ouro com gols de Baiano e Fabão. Os cariocas ainda lideram o campeonato com um ponto de vantagem, mas com uma partida a mais. O time de Muricy não sentia o gosto da derrota há 15 jogos, curiosamente contra outro paulista o Timão. Émerson marcou o gol tricolor.

Palmeiras 2x3 Cruzeiro

No Pacaembu o Verdão começou arrasador e abriu 2 a 0 no primeiro tempo, com Kleber e Maurício Ramos. Mas a Raposa conseguiu o improvável, Roger e dois argentinos marcaram, Montillo e Farías, este último aos 40’ minutos. Vale lembrar que Farías e Roger começaram no banco.

Atlético MG 2x3 São Paulo

O time de Luxa saiu perdendo, gol de Casemiro, mas conseguiu a virada com dois gols de Obina. No segundo tempo Marcelinho desequilibrou, fez um e deu passe para Fernandão marcar o gol da virada. 

Atlético GO 4x1 Vitória

A reação dos goianos é para animar a torcida e trazer a esperança de continuar na série A. Com Elias em ótima fase e mais dois gols – agora artilheiro ao lado de Bruno César com 9 gols – o clube goleou o Vitória por 4 a 1.

Avaí 0x1 Atlético PR

Com um jogador a menos o clube da baixada acha gol aos 49’ do segundo tempo e sobe na tabela. Maikon Leite marcou para o furacão. O Avaí perdeu quatro e empatou uma nas últimas cinco partidas.

deivid_glo_95 Flamengo 0x0 Santos

Que o ataque do Flamengo está ruim não é novidade pra ninguém, mas o Santos deu bastante chance ao rival, que não aproveitou. Sem brilho, o Peixe pouco fez.

Internacional 2x0 Prudente

Sóbis e Leandro Damião no segundo tempo deram a vitória ao Colorado. E o Prudente continua sua saga rumo à série B.

Botafogo 2x2 Grêmio

Antonio Carlos e Herrera colocaram o Fogão na frente com 20 minutos de partida, mas na segunda etapa Jonas fez dois e empatou o jogo.

Ceará 0x2 Vasco

O time da colina decretou a primeira derrota dos cearenses no Castelão. Zé Roberto e Felipe Bastos.

segunda-feira, 6 de setembro de 2010

A Stock Car do milhão

ric21Quem quer ser um milionário? Não, não estou falando da Mega-Sena que pagou 90  milhões de reais no sábado, e sim da Stock Car e a Corrida do Milhão, que premiou o campeão da prova, Ricardo Maurício da equipe Eurofarma. Dono do rótulo de milionário, o paulista venceu ontem em Interlagos e levou 1 milhão de reais.

Com o tempo nublado e constante ameaça de chuva, era uma espécie de dois campeonatos em uma corrida, afinal o vencedor da prova levava o dinheiro e havia também a disputa do campeonato de pilotos, liderado por Átila Abreu.

Ricardo Zonta e C. Fittipaldi faziam o duelo das torcidas na arquibancada, de um lado Corinthians e do outro Palmeiras. No entanto as manifestações não duraram muito, porque os pilotos se envolveram em acidentes e prejudicaram a disputa. Fittipaldi foi tocado, seu pneu furou e abandonou. Zonta também foi tocado e chegou na 29ª posição.

Lá na frente Ricardo Maurício e Marcos Gomes brigavam pelo prêmio, nos boxes Ricardo Maurício conseguiu a primeira posição com apenas uma parada. Foi a segunda vitória do piloto na temporada, com o tempo de 1h 6minutos e 6 segundos. Marcos Gomes, da Blau Full Time foi pole position, porém chegou três segundos atrás. Em terceiro chegou Átila Abreu, da AMG Motosport.

100_7226 Apesar do terceiro lugar o sorocabano lidera o campeonato com 110 pontos, Riacrdo Maurício tem 96, Cacá Bueno 75 e Max Wilson 72. Pelo campeonato de equipes a Eurofarma lidera com 168 pontos, seguida pela Red Bull Racing com 129 pontos. Em terceiro lugar a AMG Motosport que tem 116 pts.

A pergunta que fica é a seguinte, Ricardo Maurício irá dividir o seu milhão com a equipe? Para carregar tanto dinheiro só com um cofre desse tamanho. 

O resultado da Corrida do Milhão Goodyear:

1) Ricardo Mauricio (Chevrolet), 01:06:06.659
2) Marcos Gomes (Peugeot), 2.592
3) Átila Abreu (Chevrolet), 7.834
4) Cacá Bueno(Peugeot), 8.892
5) Thiago Camilo (Chevrolet) 14.052
6) Nonô Figueiredo(Chevrolet), 14.253
7) Daniel Serra (Peugeot), 23.317
8) Rodrigo Sperafico(Peugeot), 25.610
9) Constantino Jr (Peugeot), 28.166
10) Cláudio Ricci (Peugeot), 34.854
11) Popó Bueno (Chevrolet), 37.187
12) Lico Kaesemodel (Peugeot), 37.249
13) Allam Khodair (Peugeot), 38.917
14) Luciano Burti (Peugeot), 51.835
15) Antonio Jorge Neto (Chevrolet), 59.903
16) Felipe Maluhy (Chevrolet), 1:06.337
17) Diego Nunes (Peugeot), 1:11.565
18) Valdeno Brito (Chevrolet), 1:20.981
19) Max Wilson (Chevrolet), 1:22.986
20) Thiago Marques (Chevrolet), 1:26.213
21) Duda Pamplona (Chevrolet), 1 volta
22) Gustavo Sondermann (Chevrolet), 3 voltas
23) David Muffato (Peugeot), 4 voltas
24) Alceu Feldman (Peugeot), 16 voltas
25) Antonio Pizzonia (Chevrolet), 19 voltas
26) Ricardo Zonta (Chevrolet), 20 voltas
27) Giuliano Losacco (Peugeot), 25 voltas
28) Pedro Gomes (Chevrolet), 25 voltas
29) Christian Fittipaldi (Chevrolet), 26 voltas
30) Ricardo Sperafico (Chevrolet), 30 voltas

quinta-feira, 2 de setembro de 2010

Santos e São Paulo vencem, Goiás perde o rumo e empate no fim no Maraca

santos e avaí A rodada do meio de semana terminou hoje com vitórias do Santos e do São Paulo. Ontem o Palmeiras empatou no último minuto com o Fluminense no Maracanã, o Grêmio voltou a vencer, assim como o Atlético MG. Outro Atlético, o do Paraná venceu mais uma e já está entre os 10 primeiros. O Cruzeiro venceu o Flamengo e o único jogo sem gols foi Inter e Vitória. Por causa do centenário, Corinthians e Vasco não jogam nesta rodada.

Não foi só o Timão que fez aniversário ontem, o Avaí completou 87 anos e recebeu um presente nada agradável na Vila Belmiro. Neymar abriu o placar no primeiro minuto e deu a impressão que o Peixe ia golear, mas conseguiu ampliar apenas no fim com Marcel. Faltando dois minutos para o apito final Válber diminuiu. O Leão de Florianópolis perdeu mais uma, já são quatro jogos sem vencer.

O algoz da dupla Palmeiras e Corinthians bem que tentou, mas não conseguiu surpreender o Tricolor no Morumbi. Xandão abriu o placar, mas Juninho empatou no começo da segunda etapa. Dagol salvou o dia aos 70’. O São Paulo se afasta da zona da degola.

No Maracanã o Fluminense se despediu do estádio que passará por reforma para a Copa. Tudo ia bem até os acréscimos, quando Ewerthon empatou. O Verdão pelo que jogou não merecia a derrota e o Flu continua lider isolado.

O Tricolor gaúcho venceu o Guarani e saiu da zona do rebaixamento. Pra variar Jonas fez o gol do time gremista. O time de Campinas tem parada dura no fim de semana, o lider Fluminense. Já o Grêmio pega o Botafogo, no Rio.

O Galo visitou o lanterna Goiás e venceu por 3 a 1. O Goiás completou a Quina, cinco derrotas seguidas. Carlos Alberto, Everton Santos e Rafael Moura foram rebaixados com o Timão em 2007 e pelo jeito vão repetir a dose no Goiás. O ataque fez apenas dois gols nos últimos cinco jogos.

Fase boa mesmo é a do Atlético PR que bateu o Ceará por 2 a 1 e já é oitavo. Já são três vitórias nas últimas quatro rodadas. O Vozão desce a ladeira e caiu para sétimo. São apenas oito pontos para o R4.

O Cruzeiro marcou primeiro contra o Flamengo e ultimamante já basta para passar pelo Mengo. Isso porque o Fla tem o pior ataque do Brasileiro com 14 gols em 18 jogos. Foram apenas dois tentos em oito partidas.

O jogo sem gols ficou por conta de Vitória e Internacional na Bahia. As duas equipes perderam duas posições na tabela de classificação. O Vitória visita o Atlético GO e o Colorado recebe o Prudente domingo. Grêmio Prudente que perdeu em casa para o Botafogo por 1 a 0, com gol de Maicosuel.

Confira a classificação.classificação 18 rodada